Use o cupom "NEW" e Ganhe até 20% OFF em todas as Artes!

Joan Miró: Recuperação, introvertido, experiências surrealistas e a exploração do inconsciente

Foi durante o período de recuperação, numa fazenda da família em Montroig, nas montanhas da Catalunha, que Miró decidiu levar adiante, apesar das resistências paternas, o projeto de ser artista.

Ao retornar a Barcelona, passou a frequentar o ateliê e escola de arte de Francisco Gali, a partir dos quais passou a travar contato com o mundo artístico e boêmio da cidade.

Apesar disso, seu comportamento arredio e introvertido nunca lhe permitiram acompanhar os colegas nas costumeiras incursões madrugada adentro.

Por volta dos 25 anos, em 1919, decidiu mudar-se para Paris, onde as vanguardas dominavam o cenário artístico e cultural.

Instalado na capital francesa, Miró ficou particularmente interessado nas experiências surrealistas de exploração do inconsciente. “Ele foi o mais surrealista de todos nós”, chegou a dizer o líder inconteste do movimento, o escritor André Breton.

Fontes e Fotos: Fundação Miró, ArtCyclopedia, Guggenheim Collection, Famous Artists Gallery. / Wikimedia Commons, Google Arts.

Joan Miró: Garoto abobalhado, um caso perdido, pressão excessiva e crise de depressão
Joan Miró: Diferenças do surrealismo, portas da percepção, mundo da alucinação e sensações da fome

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

13 − 5 =

Fechar Carrinho de Compras
Fechar Favoritos
Obras vistas Recentemente Close
Fechar

Fechar
Menu da Galeria
Categorias
Chamar no WhatsApp!!
Estamos online! Como podemos te ajudar?
Brazil Artes • Galeria tá ONline!!!
Olá, estou online e com Descontão Especial para você 🤗
No caso de dúvidas, clique no botão abaixo para ser atendido! 🥰